Investidor Online

Investidor Online

Nenhum comentário em Investidor Online

A Integral Investimentos, asset com R$ 4,19 bilhões sob gestão em 31 de dezembro do ano passado segundo o ranking Top Asset, adquiriu um terço das ações da BreiBrazilian Real Estate Investments. A participação foi comprada aos dois sócios que criaram a asset no início de 2014 com 50% do negócio cada, que foram a BKO Incorporadora e Construtura e o ex-executivo da Brazilian Mortgages, Vitor Bidetti.

Com a venda de um terço do capital para a Integral por um valor não revelado, a Brei passou a ter a seguinte composição acionária: 1/3 Integral Investimentos; 1/3 BKO Incorporadora e Construtura; e 1/3 Vitor Bidetti. Os dois primeiros nomes atuam como sócios capitalistas e o último como sócio gestor da operação.

Segundo Bidetti, a idéia é espelhar a Brei no que foi a Brazilian Mortgages até o final de 2011 quando foi vendida para o BTG Pactual: uma companhia hipotecária independente e especializada em operações do mercado imobiliário. Além da própria Brazilian Mortgages que originava as operações, o grupo BM controlava também a Brazilian Securities, a Brazilian Capital e a BM Sua casa, o que quer dizer que originavam, securitizavam, distribuíam e faziam a gestão. Quando foi vendida ao BTG tinha R$ 14 bilhões sob gestão, dos quais R$ 10 bilhões em fundos imobiliários e cerca de R$ 4 bilhões em créditos e operações securitizadas.

A Brazilian Mortgages foi criada em 1999 por Bidetti e Fábio Nogueira, ambos vindos do Bank Boston, casa bancária voltada para a alta renda no Brasil e que seis anos depois venderia para o Itaú as suas operações locais e da América Latina. Entre outras operações inovadoras, a Brazilian Mortgages criou o primeiro fundo imobiliário voltado ao varejo, que financiou a construção do Shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo. Também começou no Brasil as operações de refinanciamento bancário, na qual o usuário tomava recursos da instituição baseado em hipoteca de um imóvel de sua propriedade.

Com a compra da Brazilian Mortgages pelo BTG alguns nichos de mercado foram deixados de lado e a principal atividade da casa passou a ser a de financiamento imobiliário. “Ficaram nichos de mercado em aberto e são neles que queremos trabalhar, que vamos desenvolver nossas operações”, diz Bidetti. Segundo ele, para reduzir custos a Brei vai trabalhar utilizando as plataformas de risco, de compliance e de distribuição da própria Integral.

O primeiro fundo da Brei foi um FIP, lançado para funding da BKO, cuja primeira tranche foi de R$ 50 milhões, vendido a investidores institucionais e private . Outros 3 fundos estão no pipeline, sendo dois fundos de crédito e um fundo de fundos, sempre no segmento imobiliário. O foco principal da gestora são os institucionais e os investidores estrangeiros, os primeiros a serem acessados através da rede de relacionamento da Integral e os últimos pelos relacionamentos do próprio Bisotti.

Deixe um comentário

Back to Top